• Gabriel Neves

Alto escalão da Prefeitura de Sirinhaém volta a receber os salários integralmente

Enquanto isso, professores contratados sofrem com os salários reduzidos bem abaixo do piso da categoria

Crédito: Alisson Sá | Blog Ponto de Vista

As pessoas que ocupam os cargos mais altos da Prefeitura de Sirinhaém voltaram a receber integralmente seus salários no mês de junho. Isso depois de o prefeito da cidade, o senhor Franz Hacker (PSB), ter promulgado a Lei 1493/2020 e o Decreto 11/2020, que deram um tempo de dois meses de redução salarial para o alto escalão.


Ao mesmo tempo, professores contratados da Secretaria de Educação continuam com seus salários reduzidos ao mínimo, devido ao Decreto 10/2020, que cortou gastos da Prefeitura de Sirinhaém. A redução salarial da categoria ocorreu sem qualquer aviso prévio, sem qualquer comunicação oficial. Não houve diálogo.


A redução salarial do alto escalão só durou nos meses de abril e maio. As folhas de pagamento correspondentes a esses meses mostram que o prefeito e a vice-prefeita tiveram redução de 50%, enquanto o secretariado teve uma redução de 30%, assim como determinou a Lei 1493/2020. Já com os professores contratados, a redução chegou a quase 60%.


A folha de pagamento do mês de junho já aponta que os salários do alto escalão foram normalizados. O prefeito voltou a receber 20 mil; a vice-prefeita, 10 mil; e o secretariado voltou a receber os salários integralmente. Já os professores contratados receberam, neste mesmo mês, pouco mais de mil reais.


Marketing ou solidariedade?


No dia 2 de maio, foi publicada uma matéria que mostrou a perda da validade da lei que reduzia o salário do alto escalão. No dia 9 do mesmo mês, surgiu no Portal da Transparência o decreto que prorrogou a redução salarial do alto escalão, depois de toda uma repercussão da notícia da redução salarial dos professores contratados.


Ou seja, no mês em que foi exposto que a Prefeitura deixou estender a redução salarial do alto escalão no mesmo instante em que professores tiveram cortes em sua remuneração, a Prefeitura resolveu manter a coerência entre a prática e o discurso. Como no mês de junho não houve publicação sobre essa questão, os salários voltaram à normalidade. Inclusive o vultoso salário do prefeito.


A ação de reduzir os salários do alto escalão da Prefeitura de Sirinhaém tende a ser compreendida como uma ação de marketing. Seria importante perguntar se o prefeito teria assinado o decreto prorrogando a redução salarial no mês de maio, caso essa discussão não tivesse vindo à tona.

©2018 by O Pasquim. Todos os direitos reservados.