• opasquim.org

Sem provas, prefeito do Cabo acusa oposição de fazer "bagunça em frente aos hospitais"

Vídeos da oposição mostram, no entanto, que vereadores estavam apenas fiscalizando as condições dos hospitais de campanha


Lula Cabral (PSB) | print do vídeo

Na noite desta sexta-feira (22), o prefeito do município de Cabo de Santo Agostinho, o senhor Lula Cabral (PSB), acusou a oposição de atrapalhar médicos, de obstruir passagem de ambulâncias e de fazer "bagunça" em frente a hospitais. O prefeito não apresentou, até o momento, provas da acusação.


Segundo Lula Cabral, a oposição estaria "nas portas dos hospitais atrapalhando os trabalhos que os médicos estão fazendo, que é salvar vidas no Cabo de Santo Agostinho". Além disso, também estaria "atrapalhando as ambulâncias subirem, fazendo bagunça de frente aos hospitais".




Vereadores de oposição fiscalizam


O que existe, até o momento, são vídeos em que vereadores de oposição se juntam para cumprir uma "agenda" de fiscalização das condições dos hospitais de campanha. Em texto publicado em rede social, o vereador Ezequiel Santos (PT) afirma que não há respiradores e leitos de UTI. O vereador publicou vídeo ao lado dos vereadores Flávio do Fórum (PSB), Ricardo Carneiro (SD) e Prof. Arimatéia (PSDB).




©2018 by O Pasquim. Todos os direitos reservados.